Efeitos da toxicidade do cromo em plantas

Abstract

Devido ao seu amplo uso industrial, o cromo (Cr) é considerado um poluente ambiental grave, Cr e seus compostos são amplamente empregados no processamento de couro e acabamento, na produção de refratários aço, lamas de perfuração, agentes de limpeza por galvanização, catalisadores, fabricação e produção de ácido crômico e produtos químicos especiais. Os compostos hexavalentes de cromo são usados na indústria também para revestimento de metal, água da torre de resfriamento curtimento de couro e, até recentemente, preservação de madeira. Essas atividades antropogênicas levaram à ampla contaminação por Cr no ambiente e aumentaram sua biodisponibilidade e biomobilidade. Os compostos de cromo são altamente tóxicos para as plantas e são prejudiciais ao seu crescimento e desenvolvimento. O estudo, visa identificara processos metabólicos e fisiológicos afetado pelo Cr nas plantas. A toxicidade do Cr para as plantas depende do seu estado de valência: o Cr (VI) é altamente tóxico e móvel, enquanto o Cr (III) é menos tóxico. Como as plantas carecem de um sistema de transporte específico para o Cr. A primeira interação que o Cr tem com uma planta é durante seu processo de absorção. Cr é um elemento tóxico e não essencial para as plantas; portanto, eles não possuem mecanismos específicos para sua captação. Dessa forma, a captação deste metal pesado é através de transportadores utilizados para a absorção de outros metais essenciais para plantas metabolismo, ele é absorvido pelos transportadores de íons, como sulfato ou ferro.
Published
2020-02-28
How to Cite
da Silva Costa, J. R. (2020). Efeitos da toxicidade do cromo em plantas, 13(1), 45-46. https://doi.org/10.22280/revintervol13ed1.463