Aspectos toxicológicos relacionados ao uso de cosméticos na conservação, alisamento e tingimento capilar: uma revisão de literatura

  • Enéias Silva Machado Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
  • Gleison Vitor Ferreira de Castro da Silva Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
  • Lizandra Murielle de Carvalho Moraes Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
  • Marcela Bezerra Marques Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
  • Rosemarie Brandim Marques Faculdade de Ciências Médicas (FACIME) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).
  • Layane Duarte Silva

Abstract

Produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes são substâncias são usadas externamente em diversas partes do corpo, objetivando limpá-las, perfumá-las, alterar sua aparência ou corrigir odores corporais e ou protegê-las ou mantê-las em bom estado. O objetivo deste trabalho foi descrever os aspectos toxicológicos relacionados ao uso de cosméticos no alisamento, conservação e tingimento capilar, buscando descrever o mecanismo de ação e os efeitos adversos dos principais componentes de formulações cosméticas. Tratou-se de pesquisa descritiva, através de levantamento bibliográfico, sendo os critérios de inclusão artigos científicos acessados nas bases de dados SciELO, LILACS e MEDLINE, publicados nos últimos quatro anos. Foram pesquisados 01 dissertação de doutorado, 01 monografia, 02 dissertações de mestrado, 01 resolução da ANVISA (2014) e 19 artigos de revisão de literatura. O levantamento bibliográfico demonstrou que dentre os alisantes capilares, o formaldeído é usado nas concentrações de 0,4 a 29,7% e pode provocar desde uma irritação até câncer nas vias aéreas superiores e morte. Os parabenos são os preservantes mais utilizados em cosméticos, podendo interferir na atividade estrogênica e no trato reprodutivo masculino, também associados ao aumento da incidência de câncer de mama e aumento de adenocarcinomas. Dentre os corantes, as tinturas permanentes, tais como aminofenóis e p-fenilamina, têm levantado preocupações para a saúde humana devido a riscos associados a alergias, dermatites e nefrotoxidade. Com base nos dados levantados, conclui-se que os cosméticos relacionados ao alisamento, tingimento capilar e os conservantes podem provocar sérios danos à saúde dos indivíduos expostos, quando utilizados inadequadamente.

Author Biographies

Enéias Silva Machado, Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Aluno de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI.
Gleison Vitor Ferreira de Castro da Silva, Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Aluno de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Lizandra Murielle de Carvalho Moraes, Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Aluna de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Marcela Bezerra Marques, Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Aluna de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI
Rosemarie Brandim Marques, Faculdade de Ciências Médicas (FACIME) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).
Professora Doutora com Dedicação Exclusiva na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual do Piauí. Ministro as disciplinas Toxicologia Ambiental, Bioquímica e Epidemiologia.
Layane Duarte Silva
Faculdade de Ciências Médicas - FACIME/UESPI

References

ABIHPEC 2015. Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. Setor brasileiro de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos sofre queda real de 8% em 2015. Disponível em: https://www.abihpec.org.br/2016/04/setor-brasileiro-de-higiene-pessoal-perfumaria-e-cosmeticos-sofre-queda-real-de-8-em-2015/ Acesso em 25 de julho de 2016.

ABIHPEC 2015. Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. Panorama do setor de HPPC. Disponível em: https://www.abihpec.org.br/novo/wp-content/uploads/2015-PANORAMA-DO-SETOR-PORTUGU%C3%8AS-31mar20151.pdf Acesso em 25 de julho de 2016.

ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (BR). Resolução RDC 4 de janeiro de 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2014/rdc0004_30_01_2014.pdf. Acesso em 25 de julho de 2016.

ARAUJO, A. C. F.; BORIN, M.F.; Influência de excipientes farmacêuticos em reações adversas a medicamentos. Brasília Médica. Brasília, v.49, n.4, p . 267-278, 2012.

CHIARI, B. G.; MAGNAMI, C.; SALGADO, H. R. N.; CORRÊA, M. A.; ISAAC, V. L. B. Estudo da segurança de cosméticos: presente e futuro. Rev Ciênc Farm Básica Apl., 2012;33(3):323-330 ISSN 1808-4532.

CORDONA Y. T. ATIVIDADE TOXICOGENÉTICA DE CORANTES USADOS NA FORMULAÇÃO DA TINTURA CAPILAR PRETA, INDIVIDUAIS E EM ASSOCIAÇÃO, POR MEIO DE DIFERENTES ENSAIOS BIOLÓGICOS. 2015. 125 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2015.

COSTA, P. H. A., et al. Desatando a trama das redes assistenciais sobre drogas: uma revisão narrativa da literatura. Revista Ciência & Saúde Coletiva. Rio de Janeiro,vol. 20,n. 2, p395-406, fev de 2015.

FERNANDES, J. P. S et al. Estudo das relações entre estrutura e atividade de parabenos: uma aula prática. Quim. Nova, v. 36, n. 6, p. 890-893, 2013.

FERREIRA T. V. AVALIAÇÃO SEMI-QUANTITATIVA DA CONCENTRAÇÃO DE FORMALDEÍDO EM FORMULAÇÕES COSMÉTICAS DE ALISAMENTO PROGRESSIVO E SELANTES CAPILARES. 2015. 40 f. Monografia de conclusão de curso (Farmácia) - Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2015.

FERREIRA, L. A.; BRAGA, D. C. Substâncias ativas do alisamento capilar e seus mecanismos de ação acumulação. Eletronic Journal of Pharmacy, vol. XIII, n. 2, p. 56-63, 2016.
LANNA, P. P., VIANA, E. S. M. Toxicidade dos preservantes. Anais V SIMPAC - Volume 5 - n. 1 - Viçosa-MG, p. 581-584, jan. - dez. 2013.

MACAGNAN K. K.; SARTORI M. R. K.; CASTRO F. G. SIGNS AND SYMPTOMS OF FORMALDEHYDE TOXICITY IN USERS OF HAIR STRAIGHTENERS PRODUCTS. Cadernos da Escola de Saúde. Curitiba, v. 1, n.4, pág. 46-63, 2014.

MORSELLI, L. N. S. Estudos de pré-formulação e desenvolvimento de cosméticos - Dimora Del Sole. 2014. 86 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia-Bioquímica) – Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade Estadual Paulista, Araraquara-SP, 2014.

OLIVEIRA, A. R. S., et al. VALIDAÇÃO CLÍNICA DOS DIAGNÓSTICOS,INTERVENÇÕES E RESULTADOS DE ENFERMAGEM: REVISÃO NARRATIVA DA LITERATURA. Revista enfermagem UERJ, Rio de Janeiro, vol. 21, n. 2, p. 113-120, jan-mar de 2013.

OLIVEIRA, R. A. G.; ZANONI, T. B.; BESSEGATO, G. G.; OLIVEIRA, D. P.; UMBUZEIRO, G. A.; ZANONI, M. V. A química e toxicidade dos corantes de cabelo. Quim. Nova, Vol. 37, No. 6, 1037-1046, 2014.

PUPO, M.G. Toxicologia dos parabenos. Revista de Cosmetologia e Ingredientes, São Paulo, ed. 45, 2012.

RODRIGUES G. B.; STEFANELLO M. S. B.; FRANÇA A. J. D. B. D. V. Análises das diferenças de composição e modo de aplicação de produtos capilares henê e hena. 2014.  Disponível em: http://siaibib01.univali.br/pdf/Giuvane%20Bezerra%20Rodrigues%20e%20Maria%20Sania%20Barbara%20Stefanello.pdf. Acesso em: 24 de julho de 2016.

SANT’ANNA, D. B. « O imperativo da beleza no Brasil », Confins [En ligne] URL : http://confins.revues.org/10741 ; Acesso em: 25 de julho de 2016; DOI : 10.4000/confins.10741.

SENA, L. C. S.; SANTOS, J. L. A.; ANDRADE, P. H. S.; BRITO, G. C.; LIRA, A. A. M.; LOBO, I. M. F. Excipientes farmacêuticos e seus riscos à saúde: uma revisão da literatura. Revista Brasileira de Farmácia Hospitalar e Serviços de Saúde. São Paulo, v.5, n.4, p. 25-34. Out-dez, 2014.

SOUZA A. M. F. AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA DE ALISANTES CAPILARES E MONITORAMENTO DA LIMPEZA COMO ESTRATÉGIA DA QUALIDADE NA INDÚSTRIA COSMÉTICA. 2012. 93 f. Dissertação de mestrado (Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.

SOUZA A. M. F. et al. Avaliação da qualidade de alisantes capilares: determinação da segurança quanto à análise de ingredientes ativos e contaminantes microbiológicos. Rev. Bras. Farm. v. 93, n. 3, p. 331-336, 2012.

TAHAN, G. P. Correlação entre o uso de batom e a concentração de parabenos em mulheres expostas ao cosmético. 2015. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal de Alfenas, Alfenas - MG, 2015.
Published
2017-02-23
How to Cite
Machado, E. S., da Silva, G. V. F. de C., Moraes, L. M. de C., Marques, M. B., Marques, R. B., & Silva, L. D. (2017). Aspectos toxicológicos relacionados ao uso de cosméticos na conservação, alisamento e tingimento capilar: uma revisão de literatura, 10(1). https://doi.org/10.22280/revintervol10ed1.270
Section
CIÊNCIAS BIOLÓGICAS II (FARMACOLOGIA - TOXICOLOGIA)