Análise microbiológica da lavagem de mãos em funcionários de uma unidade de alimentação e nutrição de Fortaleza-CE

  • Francisco Nataniel Macedo Uchoa Faculdade Integrada da Grande Fortaleza
  • Myréia Silva Lima Centro Universitário Estácio FIC.
  • Samila Ricardo Maia Centro Universitário Estácio FIC.
  • Ariane Teixeira dos Santos Centro Universitário Estácio FIC.
  • Danielle Abreu Foschetti Universidade Federal do Ceará.
  • Gilberto Santos Cerqueira Universidade Federal do Piauí.
  • Thiago Medeiros da Costa Daniele Universidade Federal do Ceará.

Abstract

Os alimentos frequentemente estão expostos durante seu processo de elaboração à uma serie de perigos ou oportunidades de contaminação microbiana, relacionada às práticas inadequadas de processamento e manipulação. As mãos dos manipuladores é um importante vinculo de contaminação cruzada dos alimentos e a lavagem de mãos de forma eficiente é uma medida eficaz de prevenção da transmissão cruzada de microrganismos. Porém, apesar da relativa simplicidade deste procedimento, ainda se observa uma forte resistência em sua utilização por parte dos manipuladores. Logo, este estudo objetivou verificar a eficiência da lavagem das mãos pelo método de soap das mãos em cinco funcionários, cada um desenvolvendo uma função diferente, sendo colhidas as amostras com swabs durante a realização de suas atividades rotineiras e depois de uma lavagem de mãos desses funcionários dentro da unidade de alimentação e nutrição da cidade de Fortaleza-CE para analisar e apontar as não conformidades encontradas. De acordo com os resultados obtidos pela análise microbiológica, os manipuladores, em sua totalidade, apresentaram antes e depois da lavagem das mãos uma alta contagem de microrganismos, precisamente bactérias e leveduras, possivelmente devido à ineficiência da higienização das mãos ou a baixa ação do detergente antisséptico usado na unidade.

Author Biographies

Francisco Nataniel Macedo Uchoa, Faculdade Integrada da Grande Fortaleza
Docente da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza. Mestrando em Ciências do desporto pela Universidade Trás dos Montes e Alto Douro – UTAD, Portugal.
Myréia Silva Lima, Centro Universitário Estácio FIC.
Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário Estácio FIC.
Samila Ricardo Maia, Centro Universitário Estácio FIC.
Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário Estácio FIC, residente da escola de Saúde Pública.
Ariane Teixeira dos Santos, Centro Universitário Estácio FIC.
Acadêmica do Curso de Nutrição. Campus Via Corpus, Centro Universitário Estácio FIC.
Danielle Abreu Foschetti, Universidade Federal do Ceará.
Doutora em Farmacologia. Departamento de Biomedicina. Campus Porangabuçu, Universidade Federal do Ceará.
Gilberto Santos Cerqueira, Universidade Federal do Piauí.
Docente Adjunto. Departamento de Nutrição. Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, Universidade Federal do Piauí.
Thiago Medeiros da Costa Daniele, Universidade Federal do Ceará.
Graduado em Educação Física, mestre em Ciências Médicas e doutorando em Ciências Médicas da Universidade Federal do Ceará.

References

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política nacional de alimentação e nutrição / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica – 2. ed. rev. – Brasília: Ministério da Saúde, 2007;
CUSTÓDIO, Janaína, et al. Avaliação microbiológica das mãos de profissionais da saúde de um hospital particular de Itumbiara, Goiás. Rev. Ciênc. Méd., Campinas, 18(1):7-11, jan./fev., 2009;
GHISLENI, Danielle Rospide; BASSO, Cristiana. Educação em saúde a manipuladores de duas unidades de alimentação e nutrição do município de santa Maria/RS. Disc. Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 9, n. 1, p. 101-108, 2008;
KOCHANSKI, Samile, et al. Avaliação das condições microbiológicas de uma unidade de alimentação e nutrição. Alim. Nutr., Araraquara v.20, n.4, p. 663-668, out./dez. 2009;
MESQUITA, M. O. et al. Qualidade microbiológica no processamento do frango assado em unidade de alimentação e nutrição. Ciênc. Tecnol. Alim., v. 26, p. 198-203, 2006;
NETO, Adelino da Cunha; ROSA, Odívia Oliveira. Determinação de microrganismos indicadores de condições higiênicas sanitárias nas mãos de manipuladores de alimentos. Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR. Campus Ponta Grossa - Paraná – Brasil. ISSN: 1981-3686/ v. 08, n. 01: p. 1251-1261, 2014;
SANTOS, Adélia Aparecida Marçal dos. Higienização das mãos no controle das infecções em serviços de saúde. 2002;
SILVA, Jorge Luiz Lima, et al. Conhecendo as técnicas de higienização das mãos descritas na literatura: refletindo sobre os pontos críticos. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde; 14(1) : 81-93, 2012;
SHOJAEI, H.; SHOOSHTARIPOOR, J.; AMIRI, M. Efficacy of simple hand-washing in reduction of microbial hand contamination of Iranian food handlers. Food Research International,v. 39, p. 525-529, 2006;
STEFANELLO, Cláudia Luísa; LINN, Débora Schmidt; MESQUITA, Marizete Oliveira de. Percepção sobre boas práticas por cozinheiras e auxiliares de cozinha de uma UAN do noroeste do Rio Grande do Sul. Vivências. Vol.5, N.8: p.93-98, Outubro, 2009.
Published
2015-10-02
How to Cite
Uchoa, F. N. M., Lima, M. S., Maia, S. R., dos Santos, A. T., Foschetti, D. A., Cerqueira, G. S., & Daniele, T. M. da C. (2015). Análise microbiológica da lavagem de mãos em funcionários de uma unidade de alimentação e nutrição de Fortaleza-CE, 8(3). https://doi.org/10.22280/revintervol8ed3.218